Nat Collective

nat
(fotografia por Diana Matoso)

Nat Collective , exploradores de espectros sonoros, caminham entre o não-silêncio, desestruturando as concepções lineares do ritmo e da melodia na procura de transpor a energia atómica da música para todos os corpos vibrantes.

Criadores de atmosferas sensoriais onde as explosões da matéria sonora levam à desintegração da estabilidade dos padrões, provocam assim uma experiência de efervescência, viajando até um lugar novo que pode ser habitado sem ter dentro ou fora.

Os Nat Collective tem por formação base, Bruno Pinho na guitarra, Pedro Campos no contrabaixo e Rui Veiga nas programações.

________

Nat Collective, explorers of sound spectra, walk among the non-silence, destructuring the linear conceptions of rhythm and melody in search of transposing the atomic energy of music to all vibrant bodies. Creators of sensory atmospheres where explosions of sound matters lead to disintegration of stability of patterns, thus causing an experience of effervescence, travelling to a new place that can be inhabited without having inside or outside.

Nat Collective are Bruno Pinho on Guitar, Pedro Campos on Upright bass and Rui Veiga on Electronics

Deixe uma resposta